As cheias do mes de setembro em SC

Gostei0 Não Gostei0
As cheias do mes de setembro em SC beleza-e-natureza.blogspot.com - 1135 dias atrás


Últimas notícias sobre as cheias em Santa Catarina - 09.09.2011Esta notícia está sendo atualizada constantemente no dia de hoje, sobre a situação das cheias, chuvas, e rodovias em Santa Catarina. Wanderlei Salvador Escola Municipal Erna Heidrich Escola Municipal Erna Heidrich / Foto: Ana Paula C Sehnen
Av. Nereu Ramos - Vila Mariana - Taió Av. Nereu Ramos - Vila Mariana - Taió / Foto: Marco A Sehnen
Pessoas atravessam enchente utilizando um barco em Rio do Sul, Santa Catarina, nesta quinta-feira Pessoas atravessam enchente utilizando um barco em Rio do Sul, Santa Catarina, nesta quinta-feira / Foto: Último Segundo/IG/AE
Cheias em Taió Cheias em Taió / Foto: Daniela Aparecida Vuolo
Alagamento em Taió Alagamento em Taió / Foto: Giane Schultz Hackbarth
Taió SC Taió SC / Foto: Gedeon F Morais
Moradores de Itajaí (SC) caminham por rua alagada na cidade, por conta da cheia Moradores de Itajaí (SC) caminham por rua alagada na cidade, por conta da cheia / Foto: Último Segundo/IG/AE
Desmoronamento em Taió Desmoronamento em Taió / Foto: Giane Schultz Hackbarth
Praça Miguel A Raymundi Praça Miguel A Raymundi / Foto: Marco A Sehnen
Praça defronte a Câmara de Vereadores de Taió Praça defronte a Câmara de Vereadores de Taió / Foto: Marco A Sehnen
Lotérica e Salfer em Taió Lotérica e Salfer em Taió / Foto: MARCO AURÉLIO SEHNEM
Taió SC Taió SC / Foto: MARCO AURÉLIO SEHNEM
Fundos panifício taioense Fundos panifício taioense / Foto: MARCO AURÉLIO SEHNEM
Taió SC Taió SC / Foto: Gedeon F Morais
Taió SC Taió SC / Foto: Gedeon F M
Taió SC Taió SC / Foto: Gedeon F Morais
Walter Scmitz - Taió Walter Scmitz - Taió / Foto: Dudu Machiavelli
Rua Walter Schimitz - Taió Rua Walter Schimitz - Taió / Foto: Dudu Machiavelli/Gabriela Kneipp de Oliveira
Rua Tiradentes, Taió Rua Tiradentes, Taió / Foto: Gedeon F Morais
Video relacionado Registro do funcionamento da barragem de Taió
Agronômica SC Agronômica SC / Foto: Antônio Pedroso
Agronômica SC Agronômica SC / Foto: Antônio Pedroso
Agronômica SC Agronômica SC / Foto: Antonio Pedroso
Rio do Sul SC Rio do Sul SC / Foto: Jornal O riossulense
Correnteza terrível na Rua Coronel Feddersen no centro de Taió Correnteza terrível na Rua Coronel Feddersen no centro de Taió / Foto: Ana Paula Claudino Sehnem
Praça Nereu Ramos - Hotel Liesenberg - Taió Praça Nereu Ramos - Hotel Liesenberg - Taió / Foto: Ana Paula C. Sehnem
Rua Tiradentes, em Taió(Rio Taió) Rua Tiradentes, em Taió(Rio Taió) / Foto: Gedeon F Morais
Relojoaria Pontual - Centro de Taió Relojoaria Pontual - Centro de Taió / Foto: Facebook
Mercado Manarim Mercado Manarim / Foto: Facebook
Blumenau 09:00 09.09.2011 - Da janela Blumenau 09:00 09.09.2011 - Da janela / Foto: Vather Ostermann
Video relacionado Cenas da rua do caça e Tiro XV de novembro de Taió
Gaspar SC Gaspar SC / Foto: Ofelio Campigiotto/metas
Centro de Taió as 22 horas de 08.09.2011 Centro de Taió as 22 horas de 08.09.2011 / Foto: Radio Verde Vale FM(104.7)
Artigos relacionados

  • 08.09 08h13 | O Barriga Verde > Atualidade Imagens das chuvas em Santa Catarina
  • 30.08 08h02 | O Barriga Verde > Atualidade Chuvas castigam Santa Catarina
  • 08.09 22h30 | O Barriga Verde > Atualidade Últimas informações sobre cheias e rodovias em SC

22:14 - Barragem Oeste de Taió está baixando 5 cm por hora. A partir da meia noite vai estabilizar e comecar a baixar.
22:13 -  Barragem Sul de Ituporanga: Montante é de 31,80m, e a jusante é de 2,60. 
22:12- Em Bom Retiro km 145 BR 282 - água sobre a pista - mas passando por uma das duas pistas.
22:10 - Rodoviária de Itajai está inundada. ônibus estão parando no terri
22:09 - Itajaí-Açu começa a baixar em Rio do Sul. Pico 12,95m, agora 12,87m

22:01  Governo catarinense continua em alerta mesmo com redução das chuvas As chuvas que castigaram Santa Catarina, nesta semana, devem diminuir nos próximos dias, conforme previsão do tempo do Centro de Informações de Recursos Ambientais e Hidrometeorologia de Santa Catarina (Epagri/Ciram).
Porém, a Secretaria da Defesa Civil e outros órgãos do Governo do Estado seguem atentos no monitoramento da situação.
21: 57 Durante toda esta sexta-feira (9), a Defesa Civil estadual coordenou todo o trabalho de acompanhamento de dados e auxílio às famílias atingidas, enquanto que o Grupo de Ações Coordenadas do Governo (GRAC), que envolve as áreas da Saúde, Educação, o Exército e o Corpo de Bombeiros, realizaram operações focadas no Vale do Itajaí. “Sinto orgulho de ver a organização e a dedicação dos órgãos de todas as esferas no atendimento das comunidades afetadas”, declarou o governador Raimundo Colombo.
21:51 Na última madrugada, a região do Alto Vale do Itajaí foi tomada pelas águas das enchentes dos rios Itajaí-Açu e Itajaí-Mirim, o que obrigou as cidades de Rio do Sul e Brusque decretaram Estado de Calamidade Pública.
Ao fim do dia, 819.338 pessoas foram atingidas pelas chuvas no Estado. O número de desabrigados, que chegou a mais de 13 mil, fechou em 8.220 cidadãos, segundo dados da Defesa Civil.
21:50 - À tarde, o governador, a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e o secretário da Defesa Civil nacional, Humberto Viana, se reuniram junto com a Secretaria de Defesa Civil do Estado para tratarem das ações de socorro às populações atingidas pelas chuvas. Colombo ressaltou que a integração entre as administrações públicas e o Governo será fundamental nessa hora.
21:48 - O secretário da Defesa Civil Nacional, Humberto Viana, acompanhou a situação e elogiou o trabalho realizado pela defesa civil catarinense.
Foram disponibilizadas oito mil cestas básicas para atender os afetados.
“Santa Catarina tem sido atingida com frequência, mas observamos que a cultura de prevenção vem evoluindo e as mortes têm sido evitadas”, salientou. Até as 16h, dez municípios receberam alimentação, água potável, colchões e cobertores.
  •  21:47 - Rodovias
As chuvas também danificaram algumas estradas no Estado. Até as 19h desta sexta-feira, as rodovias estaduais SC- 411, SC- 426, SC- 422, SC-456, SC-
429 e SC-302 estavam interditadas. O mesmo ocorre com as BRs 470, 282 e 280. De acordo com o relatório da Defesa Civil das 18h, são mais de 40 pontos das rodovias catarinenses que apresentam algum tipo de problema devido às chuvas.
Os pontos em que a interdição é devido a alagamentos a liberação depende do nível das águas que devem baixar nas próximas horas. Já as rodovias interditadas por barreiras, como a BR-282 e a BR 280, a previsão é de pista livre no máximo até domingo.
 21: 40 Previsão e expectativas
A situação dos catarinenses deve ter uma consistente melhora a partir deste sábado (10), já que a previsão do tempo, segundo a Epagri/Ceram, é que as chuvas diminuam. Na Grande Florianópolis, Alto, Médio e Baixo Vale do Itajaí, Litoral Norte e Planalto Norte, o acumulado de chuva não é significativo, devendo ficar abaixo de 10 mm neste sábado.
Apesar do baixo volume de chuva previsto, Santa Catarina continua em alerta devido aos alagamentos, enchentes e os deslizamentos. A maré segue elevada, dificultando o escoamento das águas da chuva para o oceano.
  •  Próximos dias:
Sábado (10): Presença de sol no Oeste, Meio-Oeste, Planalto Sul e Planalto Norte, devido ao avanço de uma massa de ar frio e seco. Nas demais regiões, a nebulosidade permanece variável com maiores aberturas no período da tarde. Temperatura em declínio à noite. Vento variando de sudeste a nordeste passando a sudoeste no Oeste e Meio-Oeste e de Sudeste a Nordeste do Planalto ao Litoral, fraco a moderado com rajadas fortes à noite no Litoral.
 Domingo (11): Predomínio de sol no Estado. Temperatura amena, com pouca elevação durante o dia. Ventos sudoeste a sul, fraco a moderado com rajadas fortes no Litoral.
 Segunda-feira (12): O tempo permanece firme, com predomínio de sol em Santa Catarina. Temperatura baixa na madrugada, com chance de geada isolada no Planalto Sul, e em elevação à tarde. Vento de sudeste a nordeste, fraco a moderado.
 Terça-feira (13): O tempo segue estável com presença de sol em todo o Estado. Temperatura mais amena na madrugada, e em elevação durante o dia.
Vento de nordeste, fraco a moderado com rajadas.

20:11 Chuva atinge mais de 819 mil catarinenses em 85 cidades. A Secretaria de Estado da Defesa Civil divulgou, às 20h desta sexta feira (9), mais um boletim das chuvas em Santa Catarina. O número de pessoas atingidas chegou 819.338 em 85 municípios. As cidades de Brusque e Rio do Sul decretaram Estado de Calamidade Pública, enquanto outros 34 municípios estão em situação de emergência. O número de pessoas desabrigadas é de 8.220, enquanto o de desalojadas é de 57.481.
 20:10 - A chuva dos últimos dias castiga Santa Catarina e os acumulados já passam de 200mm em alguns municípios (valores esperado para o mês inteiro). A principal região atingida é o Vale do Itajaí. Blumenau está com 15 mil pessoas impossibilitadas de voltar para suas residências enquanto Rio do Sul está com três mil desabrigados e outros 10 mil desalojados. Em Itajaí, o número de desabrigados é de 2.196.
20:09 - Alguns municípios da Grande Florianópolis e do Norte do Estado também registram problemas. Na capital, 426 pessoas estão desalojadas devido aos alagamentos em alguns bairros.
 20:08 - Confira a situação atualizada em outros municípios do Estado
 - Blumenau: 15.000 desalojados e 280.000 afetados pelas enchentes.
- Caçador: segundo informações da Secretaria Regional, 40 famílias deixaram suas casas. A Defesa Civil pede a doação de alimentos, água, leite, roupas de cama e roupas para crianças. Os donativos devem ser entregues no ginásio do bairro Berger.
- Canelinha: 690 pessoas estão desalojadas e 3.000 afetadas no total. Os serviços de água e transporte ficaram prejudicados.
- Santo Amaro da Imperatriz: a ponte provisória que leva ao Centro do município ficou interditada. Na Rua Frei Dalvino Munareto, um escorregamento comprometeu oito famílias. São 2.000 pessoas afetadas.
- Agronômica: ficaram desalojadas 830 pessoas, 140 desabrigadas e mais de
4.300 afetadas. As aulas foram suspensas.
- Brusque: as fortes chuvas deixaram 105.495 mil pessoas afetadas. As águas do rio inundaram ruas e moradias ribeirinhas. Há pontos interditadas.
- Navegantes: a enxurrada atingiu 20 mil pessoas, 200 desalojados e 5 mil residências danificadas.
- Joinville: alagamentos nos bairros Morro do Meio, Nova Brasília e Ulysses Guimarães; e deslizamentos nos bairros: Aventureiro, Bom Retiro, Iririú, Fátima, Itaúm, Jarivatuba, Petrópolis e Boehmerwald. Afetadas
2.300 pessoas e 84 desalojadas.
- Rio dos Cedros: mais de 10.230 pessoas afetadas, 101 desalojadas e 59 desabrigadas. A enxurrada danificou 153 residências.
-Itajaí: o número de pessoas desabrigadas é 2.196 e outras 17 mil estão desalojadas
- Florianópolis: chuvas concentradas até o início da manhã desta sexta-feira deixaram 1,8 mil pessoas afetadas e 426 desalojadas.
- Timbó: enchentes e deslizamentos de terra, que deixaram 245 afetadas.
20:03 - A Autopista Planalto Sul informa que a pista no km 108, na Serra do Espigão, está totalmente liberada. O km 304, na Serra de Pelotas, está com muita terra no acostamento no sentido norte. A Autopista está com caminhão pipa no local e espera que em três horas o tráfego também esteja liberado. Por enquanto, o trânsito segue em Pare e Siga. Informação pelo telefone 41-9171-4173

19:46 - Toque de recolher em Rio do Sul - na rua só quem trabalha.  Policia ta recolhendo
19:37 - Na BR 282, na região de Alfredo Wagner, o trânsito está interditado nos dois sentidos devido à queda de barreira. A liberação da via está prevista para amanhã. Na BR 280, em Corupá, o trânsito está interditado também nos dois sentidos nos quilômetros 93 e 94, igualmente divido à queda de barreiras. A liberação é prevista para o domingo.
19:14 - Saques em Rio do Sul
19:12 - Bom Retiro - km 145 da BR 282 - água sobre a pista.

19:02 - O vale do rio Itajaí-Açu pode viver uma das maiores enchentes dos últimos 19 anos. As cidades do alto vale estão em alerta. Os departamentos da Defesa Civil dos municípios apelam para que as famílias abandonem as casas.
18:53 - Em Itajaí, no litoral catarinense, a Defesa Civil alertou a população para os estragos com a enchente, que poderão ser maiores que os registrados na catástrofe de 2008, quando mais de 130 pessoas morreram, a maioria atingida por deslizamentos de terra.
18:44 - O número de pessoas afetadas chega a 811.890 em 84 municípios. Deste total, 8.192 estão desabrigadas (aquelas que perderam tudo e necessitam de abrigos públicos) e 55.661 estão desalojadas (aquelas que podem contar com a ajuda de familiares e vizinhos).
Há 33 municípios em situação de emergência e dois – Brusque e Rio do Sul – em estado de calamidade pública por causa das inundações e dos deslizamentos de terra que ocorrem desde a madrugada de ontem (8).
18:42  -BRs 280 (Km 93 Corupá) e 470 (entre Blumenau e Rio do Sul) continua interdição.

18:39 - BRs 280 (Km 93 Corupá) e 470 (entre Blumenau e Rio do Sul) continua interdição.

18:37 - Volta a subir o nivel de água no centro de Rio do Sul
18:33 - Centro de Agronômica permanece alagado. BR 470 segue inundada.
18:26 - Nível do Rio em Rio Do Sul - 12,95 metros
18:23 - Itajaí contabiliza 19 regiões alagadas e 17 mil desalojados

18:15 -Canceladas Festa a Fantasia e Balada automotiva - em Taió
18:12 - Número de pessoas afetadas pela chuva ultrapassa 788 mil em Santa Catarina
Sobe para 32 total de cidades em situação de emergência em SC
17:56 - Tudo de novo: chuva mata 3 e ‘afeta’ 779 mil em SC http://bit.ly/reJlXU
 17: 42 - Vias SC interditadas: BRs 280 (km 93 Corupá), 282 (Km 80 Alfredo Wagner) e 470 Blumenau a Agronômica(Kms 52/153).

17:38 - Secretaria Estadual de Educação faz levantamento de escolas atingidas pela chuva -A  (SED) está alerta à situação das escolas da rede estadual por conta da chuva que vem atingindo Santa Catarina nos últimos dias. Em virtude disso, realizou o levantamento em todo o Estado para verificar em quais regiões foram suspensas as aulas devido aos alagamentos ocorridos. 
Estão suspensas as aulas na região de Blumenau, Itajaí, Camboriú, Navegantes, Penha, Rio do Sul, Joaçaba, Herval do Oeste, Caçador, Rio das Antas, Timbó, Petrolândia, Taió e em todos os municípios das Secretarias de Desenvolvimento Regional de Brusque e de Ibirama. As escolas localizadas na zona rural dos municípios de Otacílio Costa, São José do Cerrito e Correia Pinto também estão sem aulas.  A chuva provocou estragos na estrutura de algumas escolas. A EEB Hermes Fontes, de Petrolândia, apresentou rachaduras nas paredes. Na região da SDR de Caçador ocorreu o desabamento parcial de um telhado. A EEB Eliseu Guilherme, de Ibirama, teve suas aulas transferidas para a Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). A recuperação das aulas para cumprir o calendário escolar só deverá ser definido após a volta das aulas. Cada escola terá autonomia para recompor seus horários, com aprovação das Gerências Regionais de Educação das SDRs.  Escolas que estão servindo como abrigo para famílias atingidas pelascheias: Blumenau - EEB João Durval Muller, EEB José Maurício, EEB Jonas Neves eEEB Santos Dumont. Brusque – EEB Feliciano Pires. Gaspar – EEB Frei Godofredo e EEB Arnaldo Zimmermann. Ilhota – EEB Valério Gomes. Ituporanga – EEB Roberto Moritz e EEB Carlos Thiesen. Itajaí – EEB XV de Junho, EEB Henrique Silva Fontes, EEB Afonso Niehus,EEB Nereu Ramos e EEB Maria Nilza Evaristo.  17:37 - Barragem de Jose Boiteux está prestes a verter - Chuvas atingem 779 mil pessoas em Santa Catarina - Geral - SC: http://bit.ly/pbpToq17:35 - Governo Federal garante apoio aos atingidos pelas chuvas em Santa Catarina.
A sede da Secretaria da Defesa Civil de Santa Catarina recebeu, na tarde desta sexta-feira (9), o governador Raimundo Colombo, a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e o secretário da Defesa Civil nacional, Humberto Viana. O secretário de Estado da Defesa Civil, Geraldo Althoff, abriu a reunião e fez um apanhado do cenário das chuvas que atingem o Estado.
A reunião tratou das previsões para as próximas horas e, também, das ações que já estão sendo realizadas para atendimento e socorro dos catarinenses.
Até as 16h, dez municípios receberam alimentação, água potável, colchões e cobertores.
Para o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, este é um momento de forte integração entre os governos dos municípios, estadual e federal.
“Sinto orgulho de ver a organização e a dedicação dos órgãos de todas as esferas no atendimento das comunidades afetadas. O nosso maior desejo é oferecer proteção e a segurança ao povo catarinense” ressaltou. Colombo ainda determinou que as próximas ações se voltem para o restabelecimento dos municípios impactados pelas chuvas.
O secretário da Defesa Civil Nacional, Humberto Viana, está no Estado acompanhando a situação e elogiou o trabalho realizado pela defesa civil catarinense. Foram disponibilizadas 8 mil cestas básicas para atender os afetados. “Santa Catarina tem sido atingida com frequência, mas observamos que a cultura de prevenção vem evoluindo e as mortes têm sido evitadas”, frisou.
A ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, também se deslocou à Santa Catarina atendendo um pedido da presidenta Dilma Rousseff, que pediu que trouxesse solidariedade para todo o Estado.

14:36 - Colegio Fernando Ferreira de Melo de Rio do campo suspendeu aulas nesta sexta feira
14:35 - BR-116, Km 206 (Rio Negro)-Pista TOTALMENTE INTERDITADA devido acidente. PRF deslocando para atendimento.

14:33 - Taió continua sem sinal das operadoras Claro, Vivo e Oi. Apenas Tim funcionando

14:25 - Continuam interditadas BRs 280 (Corupá), 282 (Alfredo Wagner) e 470 entre Blumenau/Rio do Sul e Agronômica (vias ligam litoral ao interior)

14.20 - Chuva deu trégua em Santa Catarina, diz Globonews
13:12 - BR 101 entre Itajaí e BC tem um buraco na pista sentido Balneário. + de 10 carros c/ estragos. Por conta da água não se vê o buraco.. 12:56 - Defesa Civil apresenta balanço da situação em Santa Catarina: Os números são: - 60 municípios impactados; - 14 em Situação de Emergência; - 20.945 desalojados; - 1.623 desabrigados; - 558.772 afetados.
  • A situação dos municípios:
- Gaspar: 2.536 desalojados, 559 desabrigados e 58.869 afetados.
- Blumenau: 15.000 desalojados e 280.000 afetados pelas enchentes. - Caçador: segundo informações da Secretaria Regional, 40 famílias deixaram suas casas. A Defesa Civil pede a doação de alimentos, água, leite, roupas de cama e roupas para crianças. Os donativos devem ser entregues no ginásio do bairro Berger.
 - José Boiteux: ocorreram vários deslizamentos, que bloquearam os acessos às comunidades. Com a queda de pontes, famílias ficaram isoladas. No município, 1.500 pessoas afetadas.
- Canelinha: ficaram desalojadas 21 pessoas e 100 afetadas no total. Os serviços de água e transporte ficaram prejudicados.
- Santo Amaro da Imperatriz: a ponte provisória que leva ao Centro do município ficou interditada. Na Rua Frei Dalvino Munareto, um escorregamento comprometeu oito famílias. São 2.000 pessoas afetadas.
- Agronômica: ficaram desalojadas 430 pessoas, 80 desabrigadas e mais de 4.000 afetadas. As aulas foram suspensas.
- Calmon: área urbana e rural foi impactada por vendaval. 1.100 pessoas afetadas.
- Correia Pinto: alagamentos atingiram 70 residências em bairros como Centro, Pereira Alves, Planalto, São João, São Pedro. 120 desalojadas e 200 desabrigadas.
- Brusque: as fortes chuvas deixaram 100 mil pessoas afetadas. As águas do rio inundaram ruas e moradias ribeirinhas. Há pontos interditadas.
- Lebon Régis: alagamentos, estradas interrompidas, pontes destruídas e erosão em lavouras. Foram afetadas 6.400 pessoas.
- Navegantes: a enxurrada atingiu 20 mil pessoas, 200 desalojados e 5 mil residências danificadas.
- Bocaina do Sul: 1.800 afetados em 15 localidades do município. Na Serra Dois Irmãos, a comunidade ficou isolada.
- Joinville: alagamentos nos bairros Morro do Meio, Nova Brasília e Ulysses Guimarães; e deslizamentos nos bairros: Aventureiro, Bom Retiro, Iririú, Fátima, Itaúm, Jarivatuba, Petrópolis e Boehmerwald. Afetadas 2.300 pessoas e 84 desalojadas.

Continuar lendo...

Relacionados

  • Comentários
Nome:
Comentário:
Código:
captcha

estatisticas